Moema critica gestão de Michel Temer e defende eleições diretas: 'Ele já desmoronou'

Resultado de imagem para FOTO moema lauro de freitas NO PROTESTO
Durante a manifestação contra o presidente Michel Temer e a favor de eleições diretas que ocorrem nesta quarta-feira (24) no Campo Grande, a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho (PT-BA), criticou a gestão de Temer. "Não há menor condição de Temer continuar no governo. Ele já desmoronou. Todo dia um novo escândalo", condenou. Para a prefeita e ex-deputada federal, o áudio divulgado pelo empresário Joesley Batista, da JBS, - que motivou o ato - reúne elementos suficientes para provar que Temer teria cometido crimes. "Tentar manipular a Justiça, pagar para que Cunha não delatasse contra ele. Uma série de crimes cometidos por Temer e por sua quadrilha", disparou. A petista defende eleições diretas e repele as reformas trabalhista e Previdenciária. "Ele [Temer] não tem condição moral para fazer qualquer reforma nesse momento. Tem que sair para que a gente possa voltar a dar condição para esse país", criticou.