Morre casal de moradores de rua queimado na Sete Portas

O casal em situação de rua, que sofreu queimaduras enquanto dormia na região da Sete Portas, em Salvador, não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital Geral do Estado (HGE). Segundo informações do posto policial do HGE, para onde os dois foram socorridos, a morte do homem foi registrada as 7h10 deste sábado (27) - sete horas após o óbito da companheira dele. 
Segundo informações da Central de Polícia, o crime aconteceu na última terça-feira (23), por volta das 2h, na região da antiga Rodoviária. Testemunhas contaram que as vítimas se desentenderam com um terceiro morador em situação de rua. Ele teria provocado e assediado a mulher um dia antes. Na madrugada de terça, o homem voltou ao local e ateou fogo nos dois. O suspeito está foragido.
O casal estava sem documentos. O nome dado pelo homem ao chegar à unidade médica foi Caíque Farias de Sá, 23 anos - familiares dele que estiveram no HGE informaram ao posto policial que o nome está errado. A mulher está registrada apenas pelo prenome Raquel. Ela morreu as 23h50 desta sexta-feira (26), de acordo com registro da ocorrência. O corpo dela já foi encaminhado ao Instituto Médico Legal Nina-Rodrigues, para ser realizada a identificação.