Vídeo: Temer tramou, nos esgotos do Jaburu, o silêncio à Justiça, diz Moema

A prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho (PT), participa da manifestação que acontece na entrada da cidade, na manhã desta sexta-feira (30). “Eu quero começar agradecendo aos sindicatos, aos movimentos sociais, e a Polícia Militar, por estar aqui assistindo uma manifestação inteligente e pacífica. Uma manifestação que chama atenção para vida que estamos convivendo com os golpistas lá no Congresso Nacional, e com aquele que tramou nos esgotos do Jaburu, ‘vamos tirar um presidenta da República’. E também tramou, nos esgotos do Jaburu, ‘vamos silenciar a Justiça’, tentando comprar e silenciar Eduardo Cunha”, disse a petista.
Na entrada da cidade, os trabalhadores realizam o que chamam de “ressaca junina contra as reformas da previdência e trabalhista e a favor do Fora Temer e Diretas Já!”. Os sindicalistas prepararam uma "greve cultural" com bandas de forró, comidas típicas (milho e amendoim), e discursos contra as reformas do governo Temer e pelas Diretas Já.
Participam do protesto, além do Sindicato dos Trabalhadores Municipais da Educação (ASPROLF), o Sindicolf, Sindicato dos Aeroviários, Metalúrgicos, ASGUALF (Guarda Municipal), Trabalhadores da Indústria Química, Petroquímica, Plástica e Farmacêutica da Bahia, entre outros. 
Trânsito 
Além disso, no sentido Centro, os manifestantes ocupam uma das faixas da Estrada do Coco, no KM 01, próximo de um posto de gasolina.  Por causa do protesto em Lauro de Freitas, segundo a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), há retenção na Avenida Caribé, sentido aeroporto.