Após operação da PF, Marcelo Nilo diz que vai “continuar com a cabeça erguida”

[Após operação da PF, Marcelo Nilo diz que vai “continuar com a cabeça erguida”]
Deputado estadual Marcelo Nilo afirmou que se sentiu constrangido com a operação deflagrada pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) e a Polícia Federal, na manhã desta quarta-feira (13), em que cumpriram mandadas de busca e apreensão em sua residência. Apesar de se mostrar ressentido com a operação, o deputado negou as acusações e afirmou ser um homem sério e honrado. "Vou continuar com a cabeça erguida", afirmou Marcelo Nilo. 
"Deixaram uma marca profunda em meu coração [...] Nada vai reparar o dano que causaram a minha pessoa, a minha esposa, as duas filhas que estavam presentes e minha neta", afirmou o deputado.
Durante a sessão na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) na tarde de hoje, o deputado disse que durante os dez anos em que foi presidente da Casa, nunca houve, por parte de parlamentares, Ministério Público ou imprensa, uma denúncia de desvio de recursos contra ele. 
Apesar de afirmar respeito e admiração pela Justiça e pela Justiça Eleitoral, Nilo disse que é inacreditável e inaceitável a ação do MPE e da PF, pois o mesmo processo correu na justiça comum e já havia sido arquivado.