Sarau do Poeta foi a grande atração deste domingo no Parque Ecológico em Lauro de Freitas

                                      
O espetáculo Sarau do Poeta trouxe, neste domingo (24), a magia dos versos e o encanto da cadência com palavras eternizadas nas linhas de Jorge Amado, Castro Alves, Gregório de Mattos e Dorival Caymmi para os gramados do Parque Ecológico de Vilas do Atlântico, em Lauro de Freitas. A atração compõe a grade de apresentações do Projeto Trilha das Artes que segue até dia 15 de outubro, sempre nos finais de semana.

Emocionada, a prefeita Moema Gramacho assistiu ao lado do secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Alexandre Marques, toda a musicalidade e os versos que colocam a Bahia em evidência para o mundo. Espetáculo belíssimo, durante algumas horas me senti caminhando pelas ladeiras do Pelourinho, lugar onde nasci e me criei", contou.

O ator e apresentador Jackson Costa, comandou a atração dividindo a cena com um trio de músicos: Joaquim Carvalho, na voz e violão; Eddie Santana, no violão e violino; e Sidney Argolo na percussão. Juntos eles relembraram canções e versos que trazem em seu foco toda a beleza nordestina brasileira. "Obrigada Moema, por nos trazer de volta a natureza. Neste lugar podemos nos conectar com o criador", disse Jackson.

Esparramado pelos gramados e arquibancadas da Concha Acústica do Parque, o público se deleitou com a interpretação do poema “Navio Negreiros” e outros versos do poeta dos escravos, Castro Alves. “Não tenho palavras. É muito lindo. E aqui, no meio dessa natureza exuberante, o meu domingo ficou perfeito”, afirmou a advogada Maria Clara, que estava acompanhada dos netos.

O projeto Trilha das Artes foi aberto no sábado, com apresentações de capoeira, palhaços e muita música. No próximo final de semana, se apresentam no palco do Trilha, grupos de capoeira, mágico, orquestra de pandeiros. Também são esperadas as apresentações doas artistas Adelmo Casé e Ju Moraes, e espetáculos teatrais com as trupes Alvoroço, Limousine e Palhaçal do Horto de Tontos.





Fonte: ASCOM PMLF