NOTÍCIAS 24HS

Post Top Ad

Your Ad Spot

quinta-feira, 3 de maio de 2018

Agendamento da perícia de revisão de benefícios termina nesta sexta

                                     

Os beneficiários que não agendarem a perícia ou não comparecerem no dia marcado vão ter o benefício suspenso.

A partir da suspensão, a pessoa tem até 60 dias para procurar o INSS e agendar a perícia. Se não procurar o INSS nesse prazo, o benefício será cancelado.

Na data marcada para a realização da avaliação, o segurado deve levar a documentação médica que justifique o recebimento do benefício, como atestados, laudos, receitas e exames.

O objetivo do pente-fino do governo federal, iniciado em 2016, é fazer uma avaliação para verificar se essas pessoas ainda fazem jus ao benefício. Passarão pela revisão os beneficiários de auxílio-doença que estão há mais de dois anos sem passar por uma perícia médica e para os aposentados por invalidez com menos de 60 anos.

Outros convocados

Nesta segunda-feira (30), o governo federal convocou outros 59.118 segurados que recebem o auxílio-doença para a revisão de benefícios por incapacidade do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). A lista com o nome dos convocados pode ser conferido na página do INSS na internet.

Foram chamados os beneficiários não encontrados por alguma inconsistência no endereço e quem recebeu a carta, mas não agendou a perícia no prazo determinado.

Quem teve o nome publicado no DOU tem 15 dias corridos para tomar ciência da publicação e mais 5 dias para agendar a perícia pelo telefone 135. Ou seja, o prazo para o agendamento se encerra no dia 21 de maio de 2018.

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Your Ad Spot

MAIN MENU