NOTÍCIAS 24HS

Post Top Ad

Your Ad Spot

terça-feira, 5 de junho de 2018

LEI SECA-Dados do sistema de informações de mobilidade apontam que 32.615 pessoas morreram devido a acidente de trânsito em 2017

LEI SECA-Dados do sistema de informações de mobilidade apontam que 32.615 pessoas morreram devido a acidente de trânsito em 2017
MAIS ADULTOS DIRIGEM ALCOOLIZADOS
A frequência de adultos que conduzem veículos motorizados após ter ingerido qualquer tipo de bebida alcoólica aumentou em 16% em todo o país entre 2011 e 2017.
A informação faz parte da pesquisa de vigilância de fatores de risco e proteção para doenças crônicas por inquérito telefônico, do Ministério da Saúde, em todas as capitais do Brasil.
10 anos após a implementação da Lei Seca um dado chama atenção no conjunto das 20:07 cidades, 6,7% da população adulta admitiu conduzir veículo motorizado após o consumo de bebida alcoólica. Os homens continuam assumindo mais essa infração do que as mulheres, com 11,7% e 2,5% respectivamente.
Isso é um perfil Mundial, porém mais grave no Brasil devido à infraestrutura que o país oferece aos condutores. É necessário ser mais prudente. Os governos também precisam rever Como podem tornar as vias melhores e mais seguras. Afirmou Fátima Marinho, diretora de doenças e agravos não transmissíveis e promoção da saúde do Ministério da Saúde.
Palmas, no Tocantins é a cidade que lidera o ranking de capitais em que as pessoas assumem dirigir depois de beber, com 16 a cada 100 entrevistados. A capital com menor frequência desse comportamento é Recife 2,9%. De acordo com a pesquisa, por faixa etária, o consumo abusivo de bebidas alcoólicas cresce em todos os Estados, é certo entre os os adultos mais jovens de 18 a 24 anos, onde a estabilidade de 2006 a 2017. Por escolaridade, no mesmo período, só foi observado aumento entre adultos com 12 ou mais anos de estudo, sendo estável entre os demais.
Dados do sistema de informações de mortalidade, apontam q 32615 pessoas morreram devido acidente de trânsito em 2017. O número representa a queda de mais de 13% em relação a 2016, quando foram registrados mais de 37 mil óbitos. Em 2017, somente no feriado de Corpus Christi, foram registrados 1.500 acidentes. Além disso, 941 motorista foram autuados por Dirigir embriagado e 74 pessoas morreram, o aumento de 32% em relação a 2016.

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Your Ad Spot

MAIN MENU