NOTÍCIAS 24HS

Post Top Ad

Your Ad Spot

sexta-feira, 13 de julho de 2018

Gleisi vem a Salvador e articula evento pela candidatura de Lula

Senadora desembarcaria na capital baiana ainda na noite desta quinta, 12 - Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom l Agência Brasil
A presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, participa de encontro da Executiva estadual da legenda, nesta sexta-feira, 13, em Salvador. Ela desembarcaria na capital baiana ainda na noite desta quinta, 12.

O encontro, que deve reunir lideranças petistas, visa planejar e afinar o discurso em torno dos eventos pela candidatura do ex-presidente Lula, que acontecerão em diversas capitais brasileiras no próximo dia 13 de agosto.

Além disso, está na pauta a discussão sobre as convenções estaduais do PT. Aqui na Bahia, Rui já confirmou a convenção petista para o dia 4 de agosto.

O encontro acontece a partir das 10h, no Hotel São Salvador (Costa Azul) e será fechado. Por volta do meio-dia a senadora concede entrevista à imprensa. À noite, às 19h, a senadora também participa de ato da Juventude do PT, no Rio Vermelho.

Gleisi também deve encontrar o governador Rui Costa e o pré-candidato ao Senado, Jaques Wagner, embora a agenda com horário e local ainda não tenha sido confirmada.

Estratégia

O PT busca fortalecer o discurso pela candidatura de Lula e 'Lula Livre' após episódio, no último domingo, quando o ex-presidente teve decisão liminar em favor de sua soltura e que, ao final dia, após outras duas decisões, foi barrada pelo presidente do TRF4, Thompson Flores.

A série de eventos marcada para o dia 13 de agosto em diversas capitais faz parte da estratégia do PT de manter o nome do ex-presidente no jogo eleitoral até o julgamento do registro de sua candidatura pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Os registros de candidatura podem ser feitos até o dia 15 de agosto.

Lula tem pontuado entre 30% e 32% nas pesquisas de intenção de voto, mas deve ter candidatura indeferida ao cair na 'malha fina' da Lei da Ficha Limpa. Apesar de não admitir publicamente, o PT discute internamente se apoia um outro nome da legenda para a Presidência da República ou um aliado.

Entre os nomes possíveis estariam o de Ciro Gomes (PDT), que também tem conversado com partidos do centro e centro-direita.

Nos cenários em que Lula não aparece nas pesquisas eleitorais, Jair Bolsonaro (PSL) pontua em segundo lugar, seguido de Marina Silva (Rede) e Ciro Gomes.

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Your Ad Spot

MAIN MENU