NOTÍCIAS 24HS

Post Top Ad

Your Ad Spot

quinta-feira, 5 de julho de 2018

Presidente da Assembleia de Deus leva o nepotismo a outro nível e revolta fiéis

Assembleia de Deus em Codó
A igreja evangélica Assembleia de Deus em Codó, no interior do Maranhão, está vivendo um momento de extremo inconformismo com seu presidente, o pastor José Gomes de Oliveira.

A situação da igreja naquele município, segue basicamente o mesmo roteiro do que ocorre em várias cidades espalhadas pelo país, o problema é basicamente o mesmo; O pastor insiste em manter sua família no poder.

No entanto, o pastor José Gomes parece ter encontrado uma forma de levar o nepotismo para um outro nível.

Tendo como vice-presidente o seu genro, pastor Lázaro Amorim, José Gomes optou por promovê-lo, e dividiu o campo de Codó. Ele desmembrou a igreja que fica no maior bairro da cidade, Trizidela, e empossou seu genro como presidente daquele “campo”.

A partir de agora, seu genro sai do cargo de vice-presidente, e passa a ser presidente da Assembleia de Deus, na mesma cidade que o sogro, fruto desse desmembramento.

Pastor José Gomes e Pastor Lázaro Ramos, no culto de posse.
A iniciativa do pastor José Gomes foi justificada com uma suposta profecia que ele havia recebido, de que seu genro iria assumir um grande campo. Para não esperar que a sucessão acontecesse normalmente, ele preferiu promover o genro a presidente sem que ele [José Gomes] tivesse de sair do cargo.

Pastor José Gomes e Pastor Lázaro Ramos, no culto de posse.
Pastor José Gomes e Pastor Lázaro Amorim, no culto de posse.

A informação é que, membros e obreiros não aprovaram o desmembramento da igreja, e especialmente, descordaram do fato do genro do pastor assumir como presidente.

O bairro Trizidela tem cerca de quatro congregações, e agora será administrado pelo pastor Lázaro Amorim.
Pastor Lázaro Amorim e a esposa, Ozana Oliveira, filha do pastor José Gomes



Vale lembrar também, que, com a promoção, Lázaro Amorim passará a receber salário de presidente de campo, que pode chegar a cerca de R$16 mil reais naquela região.

Pastor Lázaro Amorim e a esposa, Ozana Oliveira, filha do pastor José Gomes
Pastor Lázaro Amorim e a esposa, Ozana Oliveira, filha do pastor José Gomes

O tesoureiro geral da Assembleia de Deus em Codó, Adoniran Oliveira, neto do pastor José Gomes, já foi orientado a desconsiderar a receita das igrejas do bairro Trizidela, todo o valor arrecadado será administrado por lá mesmo, já que, se trata de um campo independente.

Na internet, membros da Assembleia de Deus da cidade recorrem ao pastor Pedro Aldi Damasceno, presidente da CEADEMA (Convenção Estadual da Assembleia de Deus do Maranhão), para que ele perceba o problema que está acontecendo em Codó.

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Your Ad Spot

MAIN MENU