NOTÍCIAS 24HS

Post Top Ad

Your Ad Spot

sexta-feira, 7 de setembro de 2018

Conta de energia vai subir para bancar subsídios

Conta de energia vai subir para bancar subsídios

Os consumidores terão que pagar mais para cobrir o curso do subsídio do setor. A agência nacional de energia elétrica (Aneel) aprovou, ontem, a revisão do lançamento da conta de desenvolvimento energéticos (CDE), taxa embutida na conta de luz que banca programas sociais, descontos tarifário empréstimos subsidiados para o setor. Para que seja possível conceder esses benefícios todos os clientes precisam pagar contas mais altas. O
órgão regulador decidiu elevar o valor necessário para bancar despesas da CDC em 1,137 bilhão. Segundo o relator relator, Rodrigo Limp, os gastos no fundo setorial serão mais alto do que o previsto, enquanto as receita serão mais baixas do que o projetado.
esse aumento terá impacto de 1,6% nas tarifas de clientes das distribuidoras do Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Já os consumidores atendidos nas regiões Norte e Nordeste tera elevação de 0,31%. O repasse será feito na data do reajuste tarifário anual de cada empresa. Para aquelas que já passaram pelo reajuste, como a eletropaulo, que teve reajuste de 15,84% em julho, o impacto será sentido em 2019.
A CDE é um fundo setorial que concede benefícios a diversos grupos, como a tarifa social da baixa renda e o programa luz para todos, descontos para agricultores e irrigantes, subsídios para energias renováveis e para compra de carvão, entre outros.

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Your Ad Spot

MAIN MENU