NOTÍCIAS 24HS

Post Top Ad

Your Ad Spot

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Com forte articulação, Geraldo Júnior retorna a CMS eleito presidente

[Com forte articulação, Geraldo Júnior retorna a CMS eleito presidente ]Uma eleição que tinha, ao menos, cinco candidatos declarados: Kiki Bispo (PTB), Claudio Tinoco (DEM), Carballal (PV), Téo Sena (PHS) e Geraldo Júnior (SD) que até então sequer havia se desligado da Secretaria Municipal de Trabalho, Esportes e Lazer, onde permaneceu por 22 meses e retornado à Câmara de Salvador e se colocado, de fato, no páreo.

No dia 7 de outubro, primeiro turno das eleições, Geraldo Júnior já demonstrava, ao contrário de alguns adversários, que se articulava à distância e não estava para brincadeira.

Em conversa com a imprensa, ao lado de Tinoco, assegurou que retornaria para o parlamento nos próximos dias e que seu nome estava no páreo. A sua meta era aglutinar o maior número de apoios e isso não foi escondido. E dentre eles, o do colega democrata que estava ao lado, que não negou a possibilidade de apoiá-lo.

Promessa cumprida e nesta quarta-feira (31), o candidato do SD sagra-se presidente para o próximo biênio da Câmara de Vereadores, sucedendo Léo Prates (DEM). Em uma campanha meteórica e a distância ele galgou de forma unânime um número de adesão superior ao necessário para ser eleito (mínimo de 22) e fez com que os adversários, um a um, aderisse ao seu projeto e, consequentemente, retirassem suas candidaturas, dentre eles o petebista Kki Bispo, o que demonstrava maior musculatura e era tido como favorito.

E em mais uma surpresa, fez história. Antecipou a eleição da Mesa Diretora. Marcada para dia 19 de dezembro acontece dois meses antes por já ter esgotado o debate. Geraldo Júnior conta com nada menos que 41 votos declarados dos 43 vereadores e demonstra forte lição do que é articulação entre pares.

A composição da Mesa Diretora já está formada, e, sem dúvida, deve atender aos que compuseram com o seu projeto, que está apenas começando. 

Vale lembrar, que Geraldo Júnior não construiu a candidatura da noite para o dia. Trata-se de um objetivo antigo, que já foi buscado outras vezes, sem sucesso. De onde ele confessa, ter extraído aprendizado e criado estratégias ao longo do tempo.

Geraldo Jr. foi reeleito vereador em 2016 e assumiu, logo após a posse, uma cadeira como secretário de Secretaria Municipal de Trabalho, Esportes e Lazer.  No dia 2 de janeiro de 2019 realiza o sonho de sentar na cadeira de presidente da Câmara Municipal de Salvador, data da posse. 

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Your Ad Spot

MAIN MENU