NOTÍCIAS 24HS

Post Top Ad

Your Ad Spot

quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Centro de Artes e Esportes é apresentado à população do Pouso Alegre e Pérola Negra, na Itinga

Centro de Artes e Esportes é apresentado à população do Pouso Alegre e Pérola Negra, na Itinga

 Moradores das comunidades de Jardim Pouso Alegre e Loteamento Pérola Negra, na Itinga, em Lauro de Freitas, conheceram na tarde desta quarta-feira (19), o projeto arquitetônico e  potenciais serviços que serão ofertados no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), modelo PEC 3000. O equipamento, em construção na praça ao lado da Escola Vovó Ciça, está com mais de 80% da parte estrutural concluída e deve iniciar o funcionamento de cursos e qualificações para o mercado de trabalho, serviços socioassistenciais, políticas de prevenção à violência e de inclusão digital no primeiro semestre do próximo ano.
De acordo com a assistente social da Secretaria de infraestrutura (Seinfra), Aldaíra Angélica, a gestão do CEU será compartilhada entre a Prefeitura e a comunidade, com a formação de um Grupo Gestor (GG). “Neste encontro o objetivo é apresentar a população o que é este prédio que está sendo erguido no bairro e a partir daí propor aos moradores a participação no GG. A execução do CEU é feita em duas etapas, a primeira é a parte física que está sendo finalizada, a segunda é a aquisição de equipamentos que já estão em fase de licitação”, explicou.
Segundo Angélica, o CEU é um equipamento estratégico que promoverá a transformação social do território por meio do acesso a serviços públicos, formação, qualificação e fortalecimento da identidade cultural local. “Estamos falando de um projeto trazido durante a segunda gestão da prefeita Moema Gramacho em Lauro de Freitas (2008 a 2012) com recursos oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), durante o governo Lula. As obras ficaram paralisadas de 2013 a 2016 e no ano passado foram retomadas”, frisou.
Arquiteto da Seinfra, Daniel Stride explica que a unidade contará com cinco pavimentos e neles estarão dispostos salas multiuso, cineteatro com auditório com 60 lugares, biblioteca, telecentro, quadra poliesportiva coberta, pista de skate, equipamentos de ginástica, playground e pista de caminhada. “São três mil metros quadrados onde teremos serviços para a comunidade escolhidos por ela mesma. A estrutura conta ainda com bicicletário, área verde, canto de leitura e mesa de jogos”, disse.
Para a jovem Camila Silva, moradora da comunidade há vinte e sete anos, o projeto trará um destaque positivo ao bairro. “Não temos serviços aqui semelhantes a este e nós sabemos que violência e marginalidade se reduzem com educação e cultura. A implantação do CEU será uma virada para as nossas crianças e adolescentes. Acredito que teremos mais oportunidades”, disse.
Para outro morador do Pérola Negra, Jorge Santos, o equipamento dará à população as ferramentas que ela precisa. “Eu tenho dois adolescentes em casa, não tenho condições de pagar cursos profissionalizantes. Eu me sinto feliz com essa oportunidade aqui no bairro. O que esses jovens precisam é uma ocupação para a mente e para o corpo”, declarou.
Na próxima sexta-feira (21), os moradores visitarão o equipamento. Um cronograma de reuniões foi montado pela equipe técnica da Seinfra com base nas exigências do contrato da obra, para dar sequência a implantação do Grupo Gestor que será formado por cinco representantes da comunidade, cinco de organizações formais (ONGs, OCIPs) e cinco do poder público local. 



Nenhum comentário:

Post Top Ad

Your Ad Spot

MAIN MENU