NOTÍCIAS 24HS

Post Top Ad

Your Ad Spot

sábado, 5 de janeiro de 2019

Bahia envia 100 policiais para reforçar a segurança no Ceará

                                                   Resultado de imagem para policias

O governador Rui Costa enviou 100 policiais militares de batalhões especializados para apoiar as polícias cearenses. O estado vive uma onda de ataques violentos desde a última quarta-feira (2), quando mais de 60 atentados foram registrados na capital e cidades do interior. Os profissionais de segurança estão a caminho do Ceará, por via terrestre, em dois ônibus e seis viaturas. As informações foram divulgadas pelo governador Camilo Santana. Procurado pelo CORREIO, a comunicação do governo do Estado confirmou a informação.

O clima continua tenso no estado. Na manhã deste sábado (5), dos 1.810 veículos que integram a frota do transporte coletivo de Fortaleza, só cerca de 50 veículos estavam circulando. A informação foi divulgada pelo do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus). O órgão atualizou os números, por volta das 11 horas, infomando que os 108 veículos previstos para funcionar em sistema emergencial já estavam nas ruas.

A frota foi reduzida por causa da série de ataques contra veículos, viaduto, órgãos públicos, agências bancárias e equipamentos de segurança no Estado.

A madrugada deste sábado foi de ataques na Região Norte do Estado. Há registro de ocorrências nas cidades de Sobral e Massapê. Segundo o sargento Gomes Nascimento, da Polícia Militar de Sobral, na Cidade houve um ataque ao prédio da Guarda Municipal e ao Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do bairro Vila União.


Conforme o sargento, um ônibus que estava estacionado no pátio da guarda e pertencia à instituição foi incendiado com coquetel molotov e gasolina. Ninguém foi preso. Já no Cras, a Polícia conseguiu impedir o incêndio e apreender quatro pessoas que foram levadas para a delegacia.

Há ainda registro ainda de um ataque à estação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) do bairro Expectativa. Ainda segundo o sargento da PM de Sobral, em Massapê quatro topiques que fazem viagens intermunicipais foram incendiadas. Ninguém foi preso.

Força Nacional
Uma tropa de 300 homens da Força Nacional de Segurança está nas ruas de Fortaleza para reforçar a repressão aos ataques atribuídos às facções criminosas. A princípio, de acordo com o coronel Aginaldo Oliveira, comandante da Força Nacional, os 300 homens autorizados pelo Governo Federal serão empregados no patrulhamento das ruas de Fortaleza e da Região Metropolitana. A estratégia é aumentar a ostensividade e minar a iniciativa dos criminosos.

Assim, explica o oficial oriundo da PM do Ceará, a "polícia estadual fica liberada para se movimentar em ações mais específicas". Por enquanto, o grupamento de apoio não será utilizado em incursões nos presídios dominados por quatro facções.

A tropa federal chegou ontem e foi acomodada no Centro de Formação Olímpica (CFO), onde participou de um briefing sobre o cenário de enfrentamento. Nas ruas, o major Inácio Williams do Nascimento Delgado (Piauí) coordenará os 300 agentes e 30 viaturas da Força Nacional que foram deslocados do Rio Grande do Norte, Sergipe e Brasília.

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Your Ad Spot

MAIN MENU