NOTÍCIAS 24HS

Post Top Ad

Your Ad Spot

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

DPE pede liberdade do responsável pelo assassinato de Moa do Katendê

A Defensoria Pública do Estado (DPE)  pediu, na audiência de instrução do processo realizada nesta segunda-feira (25), a liberdade do barbeiro Paulo Sérgio, responsável pelo assassinato de Moa do Katendê, que ocorreu no dia 8 de outubro do ano passado na comunidade do Dique Pequeno, Engenho Velho de Brotas.

Mestre Moa foi assassinado com 12 facadas na eleição presidencial de 2018, após discussão política num bar da região de Brotas. Na ocasião, o barbeiro atacou o famoso capoerista após ouvir críticas sobre as ideologias propagadas pelo então candidato Jair Bolsonaro, do PSL.

Paulo Sérgio Ferreira, de 36 anos, foi detido pela polícia no mesmo dia que cometeu o assassinato e transferido para o Complexo Penitenciário da Mata Escura, em Salvador.

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Your Ad Spot

MAIN MENU