NOTÍCIAS 24HS

Post Top Ad

Your Ad Spot

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Justiça vai investigar 'laranjas' utilizados para disparo de mensagens de massa nas eleições

Os disparos de mensagem em massa durante as eleições de 2019 para supostamente beneficiar as candidaturas de Jair Bolsonaro (PSL) e de Fernando Haddad (PT) ganharam uma nova linha de investigação pelo Ministério Público. Procuradores analisam agora o uso de “laranjas” na contratação dos serviços, de acordo com o Uol.

 A Justiça autorizou que os aplicativos WhatsApp e Telegram, de envios de mensagens, remetam dados cadastrais dos investigados, incluindo número de celular, endereço, número usado no serviço, CPF ou CNPJ. A iniciativa busca identificar o uso de outras candidaturas como base para que pessoas físicas contratassem serviços de envio de mensagens em massa.

 O pedido inclui ainda o período de pré-campanha eleitoral, entre 1º de julho e 15 de agosto do ano passado. Além de WhatsApp e Facebook, serão intimados Twitter, YouTube, Instagram e Telegram.

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Your Ad Spot

MAIN MENU