NOTÍCIAS 24HS

Post Top Ad

Your Ad Spot

sábado, 23 de fevereiro de 2019

Moema visita Feira da Quingoma e destaca potencial da economia solidária

 

As frutas e verduras fresquinhas eram o convite perfeito para a população aproveitar a diversidade de produtos ofertados em mais uma edição da Feira da Economia Solidária, no bairro da Quingoma, em Lauro de Freitas, na manhã deste sábado (23). A ação, promovida pelos produtores locais em parceria com a Prefeitura, reuniu empreendimentos da economia solidária de diversas cadeias produtivas contando com barracas de costura criativa, gastronomia e agricultura familiar.
A prefeita Moema Gramacho esteve no local e lembrou que a estrutura foi adquirida ainda no seu mandato no parlamento federal. “Essas barraquinhas são frutos de uma emenda federal que conquistamos para a Bahia durante nosso mandato de deputada”, frisou. Para ela, “a feira é um espaço importante para a economia solidária e revela todo o potencial de trabalho e variedade das produções”, disse enquanto caminhava pelas barracas e recebia o carinho dos produtores.

Desempregada há três anos, Valdeci Santos viu na feira a oportunidade que faltava para dar um gás no orçamento de casa. “Todo sábado já saio com um dinheiro que vai me ajudar nas despesas”, contou. Para a quituteira Teresinha Santos o sentimento é semelhante. “Esse espaço era o que faltava em Quingoma. A tendência é melhorar cada vez mais porque a cada dia a população fica sabendo da feira e tem vindo nos dar a preferência”, destacou.
Coordenador de Fomento a Economia Solidária e ao Cooperativismo da Secretaria do Trabalho, Esporte e Lazer (Setrel), Márcio Loureiro explica que a feira foi um pedido da comunidade atendido pelo departamento. “Inicialmente eles se reuniam aqui mas com pouca estrutura”, disse. Segundo Loureiro, uma vez na semana os agricultores participam de reunião com a Setrel para discutir a organização da feira e assim discutir ideias para melhorias e ampliação. “Os produtores receberão a visita dos agrônomos da Setrel para ajudar ainda mais na produção”, afirmou.
Proprietária de um pedaço de terra que transformou em quintal produtivo, a agricultora familiar, Fabiana Silva vê a feira como a realização de um sonho. “Agora ficamos ansiosos para sábado chegar e poder expor os produtos” revelou. Fabiana produz em sua residência, livre de agrotóxicos, ovos orgânicos e adubo para plantas que são repassados para a comunidade.
A agricultora é uma das organizadoras da feira. Ela aposta na iniciativa para fortalecer as cadeias produtivas e fomentar a economia solidária. “Hoje aqui temos vinte barracas e uma fila de pessoas que quer começar a expor seus produtos. Até o final do ano queremos multiplicar esse número com o apoio de nossa prefeita”, afirmou. 



Nenhum comentário:

Post Top Ad

Your Ad Spot

MAIN MENU