NOTÍCIAS 24HS

Post Top Ad

Your Ad Spot

terça-feira, 16 de abril de 2019

Empresa inicia processo de transporte de ferries leiloados pelo governo da BA; embarcações serão ferro-velho

                     
A empresa que arrematou os dois ferries que estavam abandonados na marina de Aratu, na região metropolitana de Salvador, começou o processo de transporte das embarcações para o Porto da Laje, a cerca de 3 km do local, nesta segunda-feira (15). Ao chegar no novo destino, os barcos serão cortados e vendidos como ferro-velho.

A embarcação Mont Serrat está fora de operação há 20 anos e tem a estrutura bastante comprometida. Já o Ipuaçu, está desativado há 5 anos e também já está sucateado. Por ano, eram gastos R$ 140 mil para manter os barcos na marina. As embarcações foram leiloadas pelo governo do estado em dezembro do ano passado, por R$ 117 mil.

Como o casco do Mont Serrat não passou por limpeza durante os últimos anos, ele está frágil. Para possibilitar o transporte, uma lona com tecido de poliéster foi especialmente feita para embalar o casco. O material, que tem 80 metros de comprimento e pesa uma tonelada, começou a ser instalado nesta segunda.

A técnica é chamada de envelopamento e serve para impedir que o casco se rompa. É a primeira vez que esse tipo de operação, usada normalmente em resgates náuticos, é feita na Bahia.

A reciclagem de navios deve seguir normas internacionais com relação a medidas ambientais e de transporte, para garantir a segurança até o momento em que os ferries cheguem ao destino.

Cada um dos ferries pesa cerca de mil toneladas. Como os barcos já tiveram os motores retirados eles deverão ser rebocados. Por isso, foram observadas as condições de maré e clima para o transporte. A operação deve ocorrer na quinta feira (18).

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Your Ad Spot

MAIN MENU