NOTÍCIAS 24HS

Post Top Ad

Your Ad Spot

quinta-feira, 30 de maio de 2019

Manifestantes protestam no Campo Grande pela educação e contra a Reforma da Previdência

Estudantes, professores, representantes sindicais e apoiadores do movimento '30M' se reuniram na manhã desta quinta-feira, 30, no Campo Grande para protestar em prol da educação e contra a Reforma da Previdência. Os manifestantes seguiram em caminhada e chegaram na praça Castro Alves, por volta das 13h. Segundo a organização do evento, há cerca de 50 mil pessoas no local.

No local há participantes da União Nacional dos Estudantes (UNE), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) e políticos como as deputadas Olívia Santana e Fabíola Mansur. "Vamos barrar Bolsonaro e defender a educação e o trabalhador. E dia 14 vamos movimentar a sociedade civil para uma greve geral contra a reforma da previdência", afirma o coordenador da Associação dos Professores Licenciados do Brasil (APLB-BA), Rui Oliveira, a APLB-BA está participando de  protestos 

"É só o início. Esta manifestação é um ensaio  para a greve geral do dia 14 de junho", afirma o militante Walter Takamoto.

Os manifestantes gritam palavras de ordem como "Educação presente", "Lula Livre" , além de vaias para o presidente Jair Bolsonaro.

Movimento nas instituições

Mesmo com a mobilização, algumas insituições de Salvador tiveram aulas. Na Politécnica da Universidade Federal da Bahia (Ufba), algumas salas estão com avisos como "aula suspensa", em outras os alunos participavam de aulas e até mesmo provas. No Colégio Central da Bahia, cerca de 60 estudantes se reuniram através do grêmio estudantil para participar da manifestação.

Já no colégio Salesiano Dom Bosco, todas as turmas tiveram aula normal. Em contato com o portal A TARDE, a insituição informou que os professores não fizeram a solicitação como no dia 15 de maior e por isso as aulas não foram suspensas. A unidade escolar, que atulamente possui 1.400 anos, informou que também irá repor a aula suspensa na última manifestação.

Manifestantes protestam a favor da educação e contra a reforma da previdência
No local há participantes da União Nacional dos Estudantes (UNE), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) e políticos.

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Your Ad Spot

MAIN MENU