NOTÍCIAS 24HS

Post Top Ad

Your Ad Spot

segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Polícia investiga suspeitos de ameaças a faculdades de Salvador

Em apoio à investigação iniciada pela 9ª Delegacia Territorial (DT), da Boca do Rio, policiais do Grupo Especializado de Repressão a Crimes por Meios Eletrônicos (GME) apuram ameaças, publicadas em um perfil do Instagram e direcionadas para alunos de duas faculdades, localizadas na Avenida Paralela, em Salvador.

Um mandado de busca e apreensão foi cumprido na casa do universitário Raí Ferreira de Araújo, de 20 anos, nesta segunda-feira (12), no bairro de Nazaré, por uma equipe da especializada. No local foram apreendidos um notebook, dois netbooks, dois smartphones, um HD externo, um pendrive e um desktop. Outro mandado foi cumprido em um imóvel na Pituba, onde nenhum equipamento foi encontrado.

O caso foi registrado após publicações num perfil de rede social, administrado por Raí e outro suspeito. Entre as mensagens colhidas pela polícia, uma delas foi publicada no início de julho e continha ameaças.

Segundo o delegado Charles Leão, do GME, a instituição de ensino superior alterou o esquema de segurança nos campi. “O caso foi registrado na 9ª DT/Boca do Rio, no dia 10 de julho, pela reitoria do grupo que administra as duas faculdades e tomou medidas especiais de segurança”, destaca.

Os suspeitos tentaram apagar os rastros na internet. “Por meio de autorização judicial foram verificadas conversas via aplicativo de troca de mensagens entre Raí e outro suspeito, em que eles combinam mascarar os IPs e a exclusão do perfil, o que indica a tentativa de dificultar uma possível investigação”, explica o delegado.

Raí Ferreira foi indiciado pelo crime de ameaça. Ele e o comparsa continuam sendo investigados. Os materiais apreendidos serão encaminhados para a perícia do Departamento de Polícia Civil (DPT).

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Your Ad Spot

MAIN MENU