NOTÍCIAS 24HS

Post Top Ad

Your Ad Spot

terça-feira, 19 de novembro de 2019

Mulher com a Palavra recebe primeira convidada internacional

A noite desta segunda-feira (18) foi marcada pela última edição do ano do projeto Mulher com a Palavra, que contou, pela primeira vez, com uma convidada estrangeira. Mais de mil pessoas foram à Sala Principal do Teatro Castro Alves (TCA), em Salvador, para conferir o bate-papo entre a artista erudita e ativista alemã Natasha A. Kelly, a psicóloga paulista Mafoane Odara e a cantora baiana Luedji Luna.

Sob a perspectiva de contribuir para a desconstrução das estruturas discriminatórias e racistas da sociedade, esta edição apresentou o tema ‘Descolonizadas’, com a mediação da jornalista Rita Batista. "Estamos na maior cidade negra fora da África, o que é lindo, e o povo negro ser maioria aqui confere certo poder, em números, mas o racismo precisa ser visto de vários aspectos e um deles é a situação do povo nativo, que estava aqui antes da colonização e da diáspora africana. O racismo alcança muitas dimensões e, por isso mesmo, precisa ser visto de diferentes perspectivas", avaliou Natasha Kelly.

Também ativista, Mafoane é gerente do Instituto Avon e integra a Rede Pela Diversidade da entidade. Ela destacou que "histórias mudam histórias e é muito importante que a gente consiga resgatar todo o processo que nos ajudou a chegar até aqui e pensar que futuro é esse que a gente quer construir. Para isso, é salutar que consigamos nomear desconfortos e violências que acontecem diariamente. O racismo é um processo que desumaniza pessoas, e nosso papel é ajudar a criar uma sociedade em que todos tenham oportunidades".

Responsável por dar as boas-vindas ao público, a titular da Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado (SPM), Julieta Palmeira, lembrou que o evento desta segunda (18) também marca o início das ações de mobilização educativa e de massa ‘21 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra as Mulheres’. "Essa ação acontece em várias partes do mundo com duração de 16 dias. Aqui, nós resolvemos iniciar antes, já no Dia da Consciência Negra, de forma a enfatizar a dupla discriminação sofrida pela mulher negra", explicou a secretária.

O Mulher com a Palavra foi criado com o intuito de reunir personalidades femininas de grande prestígio nas áreas em que atuam para debater temas que contribuem para a valorização e representatividade da mulher. Iniciativa da Maré Produções Culturais, em parceria com a SPM e patrocínio da Avon e da Companhia de Gás da Bahia (Bahiagas), o projeto já recebeu nomes como Liniker, Leandra Leal, Preta Gil, Zezé Mota, Conceição Evaristo, Karol Conka, Elza Soares, Zélia Duncan, Márcia Tiburi, Elisa Lucinda e MC Carol.

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Your Ad Spot

MAIN MENU