NOTÍCIAS 24HS

Post Top Ad

Your Ad Spot

segunda-feira, 6 de janeiro de 2020

Sistema de videomonitoramento reforça ações de atendimento às ocorrências da chuva em Lauro de Freitas

Atentos aos monitores que recebem imagem das mais 300 câmeras espalhadas pela cidade, os técnicos de plantão no Centro Integrado de Mobilidade Urbana (CIMU) foram os primeiros a lançarem o alerta de alagamentos nas últimas chuvas que castigaram Lauro de Freitas, na madrugada da sexta-feira.

A chuva deu uma trégua no final de semana, mas os telefones do Centro (156) não pararam. Dali, o alerta em tempo real segue para as secretarias que acionam suas equipes. O trabalho conjunto mostrou que o videomonitoramento se revelou um reforço importante para dar agilidade ao atendimento.

Mesmo com sol, as secretarias municipais intensificaram ações de prevenção e de acompanhamento às ocorrências. Os serviços de prevenção às chuvas são executados em várias frentes. Por meio da Secretaria de Infraestrutura (SEINFRA), equipes intensificaram os trabalhos de limpeza e desobstrução de canais e bocas de lobo, recuperação de redes de drenagem e pavimentação.



O canal do Horto, as ruas Coronel João de Sá, Passo, Juarez Magalhães e Edgar Viana, na Itinga, foram algumas das localidades por onde passaram os serviços. Na Lagoa da Base foi reforçada a limpeza com a bomba de drenagem.

A Seinfra ainda realizou inspeção, assistência e programação dos trabalhos nos bairros de Portão, Caji, Centro e Areia Branca, locais mais afetados pelas chuvas. Por toda cidade e com maior atenção aos pontos críticos, agentes da Secretaria de Serviços Públicos (SESP) não param as varrições, capina, roçagem e retirada de entulhos e inservíveis.
A Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania realizou visitas em Caji Caixa D’água, Tropical de Baixo e Alto do CAIC - Itinga. Nos locais foram verificadas as necessidades e encaminhadas famílias para cadastros de serviços sociais.

A Defesa Civil Municipal mantém equipes de prontidão e monitora áreas de risco. As ações preventivas e o trabalho de manutenção minimizam impactos de fortes chuvas, mas não impendem que ocorram alagamentos. Para resolver situações como essas, está em andamento a obra de Macrodrenagem do Rio Ipitanga, Joanes e afluentes. Uma parceria com o Governo do Estado que vai alargar os leitos dos rios e já possui piscinões construídos que captam água da chuva.

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Your Ad Spot

MAIN MENU